Dieta do ovo cozido

611
benefícios ovo cozido

A dieta do ovo cozido tem vindo a tornar-se cada vez mais conhecida, pois ela dura cerca de 7 a 10 dias e promete emagrecer muito. A dieta do ovo é baseada em incluir de 2 a 4 ovos por dia, em 2 ou mais refeições, o que aumenta a quantidade de proteína na dieta, gera um aumento da sensação de saciedade, e ajuda reduzir o consumo de calorias durante a refeição seguinte, levando ao emagrecimento. Durante muito tempo, o ovo foi visto com maus olhos pelos nutricionistas e especialistas da saúde e alimentação. Mas a alguns anos, ele mudou de lado e passou a fazer parte do grupo dos bonzinhos, que podem sim fazer bem a saúde.

Benefícios do ovo

  • A gema do ovo oferece vitamina A, B e D. E também possui gorduras boas para o corpo;
  • A clara do ovo é rica em proteínas, é facilmente digerida, ajuda no ganho de massa muscular e na recuperação muscular;
  • O ovo possui componentes fundamentais para o bom funcionamento do organismo como enzimas, hormônios e para o transporte de substâncias pelo sangue;
  • O tipo de gordura predominante da gema é do tipo monoinsaturada, considerada, um tipo de gordura “boa”;
  • O ovo possui vitaminas do complexo B, como a biotina, riboflavina e a colina, responsável pelo funcionamento de diversas ações neurológicas, como contração muscular e memorização;

Regras da dieta do ovo cozido 

A dieta do ovo deve durar no máximo duas semanas, e devem estar incluídos dois ovos ao pequeno-almoço, e caso pretenda, outros dois que podem sem divididos ao longo do dia.  

Os alimentos ricos em carboidratos, como o pão, massa e arroz, devem ser retirados da alimentação, bem como a maior parte das frutas. Em termos de proteínas, além dos ovos é permitido o consumo de frango, peru, peixe, lacticínios como leite, queijo e iogurtes, de forma desnatada e sem adição de açúcares. Já no grupo das verduras e frutas, pode comer brócolis, aspargos, curgete, cogumelos, espinafres e toranja. Pode inserir também na sua dieta oleaginosas como castanhas, nozes e amêndoas que são fonte de gorduras boas.  

E o mais importante: faz parte dessa receita alta hidratação. Ou seja, recomenda-se a ingestão de 9 a 13 copos por dia. Além de matar a sede, o volume do líquido ajuda a controlar o apetite. Prática de alguma atividade física é aconselhável, como caminhar, correr ou dançar, por 30 a 60 minutos, 3 vezes por semana. Como em toda dieta, é proibido consumir alimentos como bebidas alcoólicas, refrigerantes, sucos prontos, doces, frituras, comida pronta congelada ou em pó, fast food e excessos no uso de sal.

Exemplo de cardápios diários sugestivos

1. Café da manhã: 2 ovos cozidos + 1 toranja média

Almoço: 1 ovo cozido + uma porção de proteína magra como frango ou peixe cozido/ grelhado + brócolis.

Jantar: 1 ovo cozido + 1 porção de vegetais crus ou cozidos + 1 fruta cítrica como sobremesa

2. Café da manhã: 2 ovos cozidos + suco de limão

Almoço: 1 ovo cozido +folhas verdes + uma porção de vegetais refogados.

Jantar: 1 ovo cozido + 1 porção de vegetais crus ou cozidos + proteína magra

3. Café da manhã: Café sem açúcar + 2 ovos cozidos + ½ abacate 

Almoço: Omelete com 2 ovos + frango + tomate e orégano 

Jantar: 1 iogurte natural + 30g de frutos secos

É permitido fazer um lanche entre as refeições, podendo ser incluídas porções pequenas de vegetais de baixa caloria, como alface, espinafre, pepino, couve-flor, pimentão e berinjela ou frutas.

tipos de ovo cozido
Tipos de ovos cozidos

Prós e contras da dieta

Prós:

  • A redução do índice glicêmico dos alimentos consumidos em conjunto com o ovo
  • Vitamina B12: importante para a saúde do sistema nervoso, metabolismo de proteínas e gordura;
  • Antioxidantes como vitamina E, ômega 3 e zinco;
  • Biotina (ou vitamina B7): importante na saúde da pele, cabelos e unhas;
  • Triptofano: importante para a produção de serotonina (neurotransmissor que auxilia na sensação de bem-estar) e melatonina (hormônio que tem papel importante na indução do sono e outros efeitos metabólicos).
  • O ovo é um alimento de baixo custo, prático no preparo e no transporte, assim como no consumo

Contras:

  • O consumo muito constante e prioritário de um alimento de forma que prejudique a reeducação alimentar, que é o principal objetivo a ser alcançado num processo de emagrecimento saudável.
  • A elevada prevalência de pessoas com alergia ou intolerância, que pode ocasionar sintomas desconfortáveis, desde as mais simples alergias, má digestão e distensão abdominal ou até mesmo sintomas mais graves como processos alérgicos severos;
  • O consumo excessivo do ovo em prejuízo de outros alimentos, o que pode levar à falta de algum micronutriente (vitaminas e minerais) que ele não contém;

dieta dos ovos cozidos

Todos podem fazer esta dieta?

A resposta é não. Pois esta é uma dieta que restringe muitos nutrientes e calorias. O número de calorias ingeridas é inferior a mil e desse modo deve-se procurar um profissional para saber se esta dieta é adequada a si ou não. Esta dieta não deve ser feita por pessoas com condições de saúde onde está contraindicada a ingestão exagerada de proteína, como acontece em pessoas com doenças renais ou insuficiência renal crônica, por exemplo, ou que tenham alergia ou intolerância ao ovo.

Ou seja, será mais eficaz aumentar a atividade física e seguir uma dieta equilibrada que limite a ingestão de açúcar e alimentos processados do que fazer uma dieta demasiado restritiva em que não há uma mudança de hábitos alimentares a longo prazo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui