Dieta seca barriga em 7 dias!

1078
Dieta seca barriga em 7 dias

Quem nunca sonhou com a barriga sequinha e trincada que atire a primeira pedra. Apesar de muitas pessoas não ligarem para esse detalhe, existe uma boa quantidade de indivíduos que desejam chegar nesse objetivo um pouco complicado.

Encaixar a correria diária com a alimentação e exercícios com esse foco pode até parecer impossível, o truque é dar o primeiro passo. Essa dieta seca barriga em 7 dias é uma combinação eficaz entre uma dieta equilibrada e exercício físico constante que pode ser feito em casa.

Claro que os resultados dependem apenas de você manter o foco na dieta e nos exercícios, mas acredite em si mesmo e siga em frente. Confira, neste artigo, o que você precisa saber para colocar o seu projeto em prática.

Regras básicas para perder a barriga

Antes de começar, é essencial que você saiba alguns pontos básicos que precisam ser seguidos para que a dieta funcione e seque sua barriga. Eliminar a gordura abdominal não é algo tão fácil, por isso exige muito foco. Confira abaixo:

Farinha branca é a maior inimiga da barriga

Esse tipo de farinha é absorvida rapidamente pelo corpo e se transforma em açúcar e, logo após, gordura que fica estocada no abdômen. Opte pela farinha integral que é lentamente absorvida e ainda se livra da gordura corporal, além de fornecer mais fibras e menos açúcar.

Proteína = Força

A proteína é a sua principal aliada. Carnes brancas e ovos, por exemplo, saciam e emagrecem. Você ainda pode consumir carne vermelha, mas em quantidade moderada, pois ela causa problemas gastrointestinais e dificulta o bom funcionamento do intestino, causando consequências à barriga.

Alimentos que desincham a barriga

Bebidas e alimentos diuréticos como frutas e alguns tipos de sucos eliminam as toxinas do corpo através da urina, reduzindo problemas de retenção de líquidos. Abacaxi com hortelã, suco verde, couve, melancia, entre outros, são alguns exemplos que te ajudam nesse processo.

Bom funcionamento do intestino

Quem sofre de prisão de ventre, tem o intestino preso, não consegue ter uma boa rotina e fica cansado, com a barriga maior do que deveria. Alimentos que possuem magnésio (feijão, grão-de-bico, etc.) ajudam bastante. Fonte de ômega 3 e gordura boa conseguem regular o trato intestinal, como gergelim, a linhaça e óleo de coco que saciam e trabalham nisso. 

Não esqueça de beber bastante água

Se hidrate bastante durante o dia para ajudar o organismo a ter uma boa digestão, mas não consuma o líquido durante as refeições, isso pode dilatar o estômago e dar aquela vontade de comer besteiras depois.

Ajude o seu metabolismo

Consuma alimentos termogênicos, principalmente antes dos exercícios físicos, eles aceleram o seu metabolismo e te fazem queimar muito mais gordura. Pimenta e canela são ótimos exemplos, assim como o chá verde e a cafeína.

Invista em muito exercício físico

Alguns exercícios são perfeitos para consumir a gordura abdominal e você deve focar neles. Exercícios simples, que podem ser feitos em qualquer lugar, como caminhar ou correr ou andar de bike, são considerados aeróbicos que trabalham diretamente na gordura abdominal e localizada. Uma série de 20 abdominais, três vezes por dia durante uma semana aliada a 40 minutos diários, dos exercícios aeróbicos, em quatro dias da semana criam uma rotina eficiente para o seu objetivo.

Alimentos permitidos na dieta

O próximo ponto de extrema importância é a alimentação. Existem alimentos ideais para o seu foco e outros que devem ser cortados imediatamente. Confira aqui quais alimentos são permitidos na sua dieta.

  • Proteínas

Os alimentos ricos em proteínas, como carnes, ovos, frango, peixes e queijos, ajudam a acelerar o metabolismo e estimular a manutenção da massa muscular. Além disso, o processamento das proteínas no corpo consome mais calorias e elas aumentam a saciedade.

frutas e legumes

  • Frutas e Legumes

As frutas e os legumes são ricos em fibras, vitaminas e minerais que melhoram o metabolismo e funcionam como antioxidantes, auxiliando no bom funcionamento do corpo e prevenindo doenças.

  • Gorduras boas

As gorduras são encontradas em alimentos como peixes, castanhas, amendoins, azeite e sementes, como chia e linhaça, e favorecem a perda de peso por reduzirem a inflamação no organismo e estimularem a produção de hormônios.

  • Alimentos termogênicos

Os alimentos termogênicos ajudam a acelerar o metabolismo e estimulam a queima de gordura, sendo ótimos auxiliares na queima de gordura abdominal. Alguns desses alimentos são o café sem açúcar, o gengibre, o chá verde, a pimenta e a canela, e eles podem ser consumidos na forma de chá, juntamente com sucos verdes ou serem utilizados como tempero nas refeições.

O que não se deve comer

Chegou a vez de conhecer os alimentos que devem ser cortados da sua alimentação. Carboidratos e açúcares, por exemplo, devem ser eliminados o máximo possível. Não é algo fácil mudar a alimentação da noite para o dia.

Se sugere que a transição seja feita da forma mais delicada possível, para que o seu organismo se acostume. Portanto, troque aos poucos os alimentos e diminua tudo o que puder. Confira, agora, quais alimentos devem ser cortados.

comer doces

  • Doces

Doces e açúcares de todos os tipos, sobremesas, chocolates, biscoitos, sucos prontos e café adoçado. Caso não consiga resistir a falta de algo doce, troque o chocolate ao leite pelo chocolate amargo, já é uma grande ajuda a dieta. Tente tomar café sem açúcar.

  • Cereais refinados

Arroz branco, macarrão branco, farinha de trigo branca, pães, bolos, biscoitos e massas. Todos esses são um grande “veneno” ao nosso organismo. Substitua pelas suas versões integrais e corte os demais.

  • Tubérculos e raízes

Batata, batata doce, macaxeira, inhame e cará. Apesar de serem naturais, esses alimentos possuem carboidratos que podem gerar o acúmulo de gordura. No início, é necessário ser um pouco radical para forçar o organismo a eliminar a gordura localizada, depois você pode acrescentar, de forma moderada, um pouco desses alimentos.

  • Alimentos ricos em sal e conservantes

Tempero em cubos, molho inglês, macarrão instantâneo, comida pronta congelada, entre outros. Todo alimento enlatado e cheio de conservantes deve ser abolido da sua dieta. Eles contribuem para a retenção de líquidos e mau funcionamento do organismo. Nesse grupo também entram as carnes processadas como salsicha, linguiça, mortadela, bacon, salame, presunto e peito de peru.

  • Outros

Refrigerantes, bebidas alcoólicas, frituras, sushi, açaí com açúcar ou xarope de guaraná, sopas em pó, tudo que possuir concentração de açúcar, sal e prejudicar o organismo deve ser evitado.

Cardápio seca-barriga em 7 dias: 1 semana completa

Agora que você já conhece os alimentos que podem e que não podem entrar na sua dieta, o próximo passo é criar um cardápio balanceado com os ingredientes que te ajudam a chegar no objetivo.

Para te ajudar, confira um cardápio para 7 dias. Lembrando que esse cardápio não é padrão, é apenas um exemplo. Você pode também montar o seu próprio cardápio.

  • Domingo

CAFÉ DA MANHÃ

– Um iogurte natural desnatado

– Uma colh. (sopa) de farelo de aveia

– Uma maçã

ALMOÇO

– Um filé de frango na grelha

– Uma colh. (sopa) de arroz integral

– Um prato pequeno de salada crua temperada com vinagre

– Uma col. (sopa) de linhaça

– Meia laranja com o bagaço

LANCHE (PODE SER DA MANHÃ OU À TARDE)

– Um copo de vitamina feita com 150 ml de bebida de soja ou leite desnatado

– 1/4 de mamão, tipo papaia

JANTAR

– Um prato pequeno de legumes cozidos temperado com ervas naturais

– Uma colh. (chá) de azeite de oliva

– Um filé médio de peixe grelhado

– Meia pêra

  • Segunda-feira

CAFÉ DA MANHÃ

– Uma xíc. de café sem açúcar

– Uma bolacha de arroz recheada com dois pedaços médios de ricota

– Meia banana

ALMOÇO

– 200 gramas de tofu grelhado

– 4 colhs. (sopa) de legumes cozidos

– Uma colh. (chá) de azeite de oliva

– Uma fatia pequena de melão

LANCHE (PODE SER DA MANHÃ OU À TARDE)

– 200 ml de suco verde (água de coco, couve, pepino e limão

– 2 castanhas do Pará

JANTAR

– Um prato de sopa de legumes,(colocar um fio de azeite de oliva)

– 6 morangos

  • Terça-feira

CAFÉ DA MANHÃ

– Uma xíc. de café com leite desnatado

– Meio pão francês integral recheado com uma colher (sopa) de queijo cottage

ALMOÇO

– Uma coxa de frango ensopado

– 3 colhs. (sopa) de quiabo

– Uma batata pequena

– Um prato de salada 

– Uma tangerina

LANCHE (PODE SER DA MANHÃ OU À TARDE)

– Uma maçã cozida e temperada com canela

– 2 nozes

JANTAR

– Um prato de salada

– 2 ovos cozidos, cortados em pedaços pequenos

– Uma rodela de abacaxi, cortada em cubos

– Temperar os ovos e o abacaxi com uma colher (chá) de azeite de oliva, um pouco de pimenta do reino e vinagre

– 5 uvas verdes

  • Quarta-feira

CAFÉ DA MANHÃ

– Um copo de vitamina feita com ¼ de abacate e leite desnatado, ou leite de aveia (não adoçar)

ALMOÇO

– Uma posta de peixe cozido 

– Uma batata pequena com couve, temperados com uma colher (chá) de azeite de oliva

– Uma fatia pequena de melancia

LANCHE (PODE SER DA MANHÃ OU A TARDE)

– Uma taça de gelatina de morango sem açúcar

– Um iogurte natural desnatado

– Uma colher (chá) de linhaça

JANTAR

– Um prato raso de creme de abóbora (temperar com sal, cebola, pimenta, alho e um fio de azeite de oliva)

– Um pêssego

  • Quinta-feira

CAFÉ DA MANHÃ

– 200 ml de suco de abacaxi ou de laranja

– 2 ovos mexidos

ALMOÇO

– 2 colhs. (sopa) de quinoa cozida com cenoura

– 3 colhs. (sopa) de abobrinha ensopada

– Um bife, sem gordura e feito na grelha

– Uma maçã 

LANCHE (PODE SER DA MANHÃ OU À TARDE)

– Um copo de vitamina preparada com 150 ml de leite de aveia e meia pêra (não adoçar)

JANTAR

– Um prato de canja de galinha (acrescentar chuchu, cenoura e tomate)

– 6 morangos

  • Sexta-feira

CAFÉ DA MANHÃ

– 120 gramas de iogurte integral

– Uma colh. (sopa) de sementes de girassol

– Um kiwi

ALMOÇO

– Um prato de salada crua

– 2 colhs. (sopa) de cottage com meio tomate picado (temperar com uma colher (chá) de azeite de oliva e vinagre)

– Uma fatia pequena de melão

LANCHE (PODE SER DA MANHÃ OU À TARDE)

– 150 ml de leite de amêndoa com 4 morangos

– Uma colh. (sopa) de farelo de aveia

JANTAR

– Um prato de sopa de ervilha (temperar com um fio de azeite de oliva, alho e cebola)

– Uma ameixa fresca

  • Sábado

CAFÉ DA MANHÃ

– Uma xíc. (chá) de café sem açúcar

– Uma bolacha de milho

– Uma colh. (sopa) de guacamole (preparar com abacate, cebola, tomate, suco de limão, um pouco de pimenta do reino e sal)

ALMOÇO

– Um omelete (preparar com salsinha, dois ovos, tomate e cebola)

– 3 colhs. (sopa) de salada de feijão fradinho

– Um jambo

LANCHE (PODE SER DA MANHÃ OU À TARDE)

– Uma banana, cortada em rodelas e misturada com uma colher (sopa) de farelo de aveia

– Uma pitada de canela

JANTAR

– 4 colhs. (sopa) de salada de legumes cozidos misturados com tomate e grão-de-bico (temperar com uma colher (chá) de azeite de oliva, uma pitada de pimenta do reino e vinagre)

– Uma posta de peixe ao molho

– Uma fatia pequena de melancia

Dicas para potencializar os resultados

Além de um cardápio balanceado e exercícios físicos regulares, é necessário atenção em alguns pontos que ajudam a você ter o melhor resultado possível do seu esforço na dieta.

  • Comer de 3 em 3 horas, totalizando 6 refeições diárias;
  • Fazer 6 refeições por dia;
  • Beber 2 litros de água por dia, no mínimo. Você pode completar com chá verde, um excelente termogênico;
  • Comer 2 a 3 frutas por dia, escolha as que possuem uma menor quantidade de açúcar. Apesar de ser natural, esse açúcar também gera gordura durante o metabolismo;
  • Incluir bebidas lácteas que possuem lactobacilos vivos, como Chamyto e Yakult. Essas bebidas auxiliam o trato intestinal;
  • Tempere saladas com suco de limão e ervas aromáticas, reduzindo ou até retirando o sal da sua dieta;
  • Exercício físico constante é fundamental.

Exercícios físicos focados em perder gordura abdominal

Todos os exercícios são válidos para a perda de gordura corporal, mas se você quiser ir direto para aqueles específicos, voltados para a perda de gordura abdominal localizada, então confira a lista abaixo

natação

  • Natação

A natação é um dos melhores exercícios que pode ser praticado para emagrecer, pois melhora o condicionamento físico e fortalece os músculos, o que ajuda na queima de gordura já que trabalha todos os músculos do seu corpo e exige um grande gasto energético.

  • Corrida

A corrida é um exercício aeróbico muito eficiente para reduzir medidas e perder a barriga, pois além de ativar diversos músculos, a corrida também promove a resistência muscular, melhora o condicionamento físico e a capacidade cardiorrespiratória, acelera o metabolismo, o que estimula a queima de gordura. Uma estratégia para acelerar o processo da perda de peso e de barriga é o treino intervalado, que deve ser feito em alta intensidade e que consiste na alternância entre períodos de esforço e de descanso, que pode ser ativo ou passivo, pois aumenta ainda mais o metabolismo.

  • Caminhada rápida

Quando a caminhada é realizada em um ritmo acelerado e constante, é possível acelerar o metabolismo e promover o emagrecimento e a perda de gordura. No entanto, para que isso seja possível, é preciso que a caminhada seja realizada de forma regular, pelo menos por 30 minutos e em alta intensidade.

  • Bicicleta

Fazer um treino de bicicleta é também uma boa opção para perder barriga, pois promove o ganho de massa muscular e aumento da força e da resistência muscular. Quanto maior a quantidade de músculos, maior é a capacidade do corpo em queimar gordura.

  • Pular corda

Pular corda é um exercício completo, pois estimula os músculos, melhora a saúde do sistema cardiovascular e respiratório, melhorando o condicionamento físico e acelera o metabolismo, favorecendo a perda de calorias e a queima de gordura. Para que os resultados sejam mantidos é importante que esse exercício seja feito em conjunto com outros.

  • Aula aeróbica

As aulas aeróbicas, como Jump, Body Combat e Zumba, por exemplo, são ótimas opções para perder a barriga, pois são feitas em intensidade alta e também melhoram o condicionamento físico da pessoa. Além disso, as aulas aeróbicas são normalmente realizadas em grupos, o que faz com que uma pessoa estimule a outra para realizar a atividade corretamente.

dieta seca barriga

Comece devagar a se exercitar e vá longe

Não existe apenas um exercício que resolva totalmente a gordura abdominal. Perder a barriga é fruto de muito exercício, uma alimentação balanceada e foco no que você deseja.

Você também pode aproveitar alguns benefícios da estética corporal, como massagens modeladoras e até auto massagens que ajudam na retenção de líquidos, na queima de gordura e ainda diminui algumas medidas.

Caso esteja começando agora e não sabe como preparar um rotina de exercícios para fazer em casa, siga esse exemplo para começar e depois incremente, a medida que a sua resistência cresça:

Dia 1 – Caminhe 40 minutos e aperte o passo após os 10 primeiros minutos. Comece a diminuir o passo nos últimos 10 minutos e acrescente duas séries de 30 segundos de prancha;

Dia 2 – Caminhe rapidamente por 2 minutos e corra por mais 2 minutos, depois volte a caminhar rápido por mais 2 minutos e assim por diante, até completar 30 minutos. Quando terminar, faça 3 séries de abdominais com duração de um minuto em cada série;

Dia 3 – Corra por 30 minutos e no final faça abdominais durante 5 minutos combinadas com 5 minutos de agachamentos.

Faça os exercícios de acordo com seu ritmo. Não force seu corpo com exercícios mais complexos, pois poderá lesionar os músculos. Comece devagar e, a medida que sua resistência subir, aumente gradativamente a dificuldade dos exercícios.

Mantenha o foco e arrase com os resultados.

Veja também:

CHÁ SECA BARRIGA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui