Diferença entre comer e se alimentar

904
comer de 3 em 3 horas

Será que você, diariamente, come ou se alimenta? Logo à primeira, é difícil de responder. Mas saiba que é comum as pessoas comerem mais, ao invés, de se alimentarem. Basta você pensar naquela expressão “somos aquilo que comemos”. É bem verdade. O ato de se alimentar consiste em nutrir-se, ou seja, ingerir o que é realmente necessário para que o corpo possa ser saudável. Então, estamos comendo comida porque temos necessidade de saciar a nossa fome e não, porque queremos, propriamente, cuidar do nosso corpo. Que terrível! Isto acontece mesmo. Mas existem formas de educar a sua mente, equilibrando ambas as necessidades de “comer” e de se “alimentar”. 

Ou seja, “comer” é saciar o corpo sem pensar na sua saúde. E “alimentar-se” promove o bem-estar do seu organismo.

Quer saber mais? Então dê uma olhadinha ao artigo. E boa leitura!

Mulher alimentando-se de salada

Distinção entre comer e se alimentar 

O primeiro passo para a distinção destes dois termos passa pelo posicionamento do significado real de cada palavra. Assim, poderemos definir que “comer” está orientado para a necessidade fisiológica de você saciar a sua fome através do ato de “comer comida para não ter fome”. Enquanto, o termo “alimentar” refere-se à necessidade psicológica de nutrir o corpo de determinado jeito para não ter insuficiência nutricional. Logo, “comer” está diretamente focado em “matar a sua fome” e “alimentar”, de cuidar do seu corpo. Outra diferença é o objetivo intrínseco dos termos. O termo “comer” menciona, internamente, “comer de imediato porque estou com fome”. Enquanto, o termo “alimentar”, é de apenas de 3 em 3 horas, por necessidade de nutrir o seu corpo. Mas, sabemos que comemos mais do que alimentamos o nosso corpo.

É possível distinguir estes termos, também, a partir da nossa atitude individual. Quando você come, a sua tendência é sempre de comer bem e se estiver em grupo, pode cometer excessos. Ou seja, “comer” junto de outras pessoas pode levar a que coma com maior vontade. No entanto, relativamente, a se “alimentar” é algo mais restrito e pessoal. Você vai alimentar-se de acordo com as suas necessidades nutricionais e definir as quantidades a consumir.

Comer em público

Como se alimentar? 

O termo “alimentar” está direcionando a sua mente para a necessidade de você consumir alimentos específicos, para contribuir para a sua saúde nutricional. Ou seja, que deve consumir determinados alimentos para ter o seu organismo a funcionar do bom jeito. Isto acontece, quando o seu corpo “pede” alimento, não por fome, mas por necessidade de algo que contribua para o seu bom funcionamento. Para a sua nutrição, não deve dispensar os seguintes categorias nutricionais:

  • Carboidratos – que são responsáveis pela sua energia corporal. Estes alimentos são, por exemplo, a farinha de milho, pão branco, macarrão cozido, beterraba e leite. Ou seja, são alimentos que nos proporcionam boa disposição, bom hálito da nossa boca, boa memória e eliminam gorduras indesejadas no nosso organismo;
  • Proteínas – responsáveis pela reconstrução celular do seu organismo. São ótimas para acelerar o metabolismo, para o aumento da nossa imunidade e no bom funcionamento das nossas funções cerebrais. Nas proteínas estão presentes aminoácidos que ajudarão na manutenção saudável dos seus cabelos e do seu couro cabeludo. Elas estão presentes em alimentos tais como: os cereais e as carnes. As proteínas são indispensáveis para o nosso organismo;
  • Ácidos gordos insaturados – responsáveis pela nutrição do cérebro, do sistema nervoso e hormonal;
  • Vitaminas A, C, D, E – responsáveis pelo reforço das suas defesas, tornando o seu sistema imunitário com forte capacidade para combater determinadas doenças. Permite ainda, fortalecer o seu cabelo, a sua pele e as suas unhas. Além disso, são fundamentais para a resistência da sua musculatura, prevenindo o surgimento de lesões. Por exemplo, a vitamina E está presente em alimentos como nozes e azeite de oliva;
  • Sais minerais – são responsáveis pela resistência óssea e dos dentes, bem como, da circulação sanguínea. Alguns dos sais minerais essenciais para o nosso organismo são: cálcio, ferro, potássio, magnésio, fósforo e flúor;
  • Entre outros.

Quais os 10 melhores alimentos para nutrir o corpo? 

Os 10 melhores alimentos para nutrir o corpo são os seguintes:

  1. Frutos vermelhos;
  2. Maçã;
  3. Ovos;
  4. Linhaça;
  5. Chia;
  6. Batata doce;
  7. Arroz;
  8. Alho;
  9. Couve;
  10. Água.

Quantidade diária de proteínas 

Um dos nutrientes indispensáveis para a nossa saúde nutricional é a proteína. Em média, uma pessoa adulta necessita de consumir 1g diária de proteína, por cada 100g de peso. Sendo assim, uma pessoa que tenha o peso médio de 75 kg precisa de consumir 750g de proteínas por dia. É graças à presença de substâncias catalisadoras ou enzimas (proteínas) que é possível fazer com que o organismo consiga realizar as suas ações nas células. 

Na imagem seguinte, poderá verificar na pirâmide alimentar, a quantidade de porções recomendadas de consumo no seu dia-a-dia.

Diferença entre comer e se alimentar

Como alcançar o equilíbrio? 

Para alcançar o equilíbrio da sua saúde, é fundamental que saiba as diferenças entre comer e se alimentar. Porque é um facto que condiciona, em muito, a sua perceção de comida e de alimento. É importante que saiba dosear a comida que come quando tem fome para não provocar excesso de gorduras prejudiciais. Como também, não se deve alimentar, de forma exagerada, alimentos nutritivos que irão originar excesso de nutrientes no seu organismo. Lembre-se que tudo deve ter peso e medida, sem exageros. Logo, procure comer o suficiente e razoável, para saciar a sua fome. 

Então, saiba que é importante praticar uma dieta balanceada para alcançar o equilíbrio entre “comer” e se “alimentar”. Saiba que comer qualquer coisa, só porque tem fome, poderá causar-lhe mau estar no seu organismo. Acabando por acumular calorias, ou seja, gordurinhas indesejadas.

O facto de “se alimentar” é algo mais complexo do que parece. Para que se alimente de forma correta, basta educar a sua mente e o seu corpo. Planejando de maneira certa, as quantidades e variedades de alimentos que pretende consumir, bem como, o seu momento diário de consumo. Pense nisso antes de sair por aí, comendo qualquer coisa e de qualquer jeito.

1 COMENTÁRIO

  1. a diferença é que se alimentar é algo diária, como arroz e feijão. Comer é só quando der vontade, algo que vc não como td dia como um cachorro quente ou um hamburguer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui