Redução de estômago quando fazer – riscos

17

Em meio a tantos recursos rápidos e práticos para alimentarmos, fica muito difícil manter a nossa alimentação regrada e saudável. São inúmeros produtos que contem quantidades altas de carboidratos e substancias não naturais que podem até saciar a fome, porem, não chegam nem perto de oferecer todos os benefícios que alimentos mais caseiros e naturais podem.

Pensando nisso foi que criamos esse artigo, para mostrar o lado daquelas pessoas que tem dificuldades de emagrecer e precisam procurar uma alternativa que faça com que essa pessoa volte ao seu prumo e consiga reorganizar a sua vida alimentar para poder viver com mais qualidade de vida e de bem estar.

Redução de estômago; qual o melhor momento para se fazer

A redução de estômago pode ser chamada como Gastroplastia (gastro= estômago, plastia= plástica), Cirurgia Bariátrica, Cirurgia da Obesidade ou ainda pode-se chamar Cirurgia da redução do estômago. Na pratica, essa cirurgia nada mais é do que fazer uma plástica no estômago, reduzindo-o e fazendo com que você reduza também o peso daquelas pessoas que tem o IMC(índice de massa corporal) muito elevado do normal. Com essa atitude, você deixará de se alimentar em grandes quantidades e tenderá a diminuir drasticamente o seu peso em questão de meses.

Redução-de-estômago-quando-fazer-–-riscos-02

Atualmente, como norma para que você esteja apto para fazer a cirurgia de redução de estômago é necessário que o obeso tenha um IMC(índice de massa corporal) igual ou maior do que 35 e deve apresentar também doenças que são associadas com esse aumento de peso como, por exemplo, diabetes e hipertensão. Ou também ter IMC acima dos 40.

Porem, a Associação Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica querem modificar esses parâmetros e querem adicionar outros novos para que a avaliação seja feita de uma forma mais correta.

Como exemplo, foi dado que os jogadores de futebol americano tendem a ter índices mais elevados de IMC, porem, não é por isso que precisem fazer a cirurgia. Com isso, eles querem que sejam levados em consideração a circunferência abdominal, comorbidades recorrentes da obesidade e também o próprio IMC alto.

Contra indicações

Alcoólatras e usuários de drogas;

Histórico de cirurgias gástricas prévias;

Mulheres grávidas;

Obesidade por síndromes genéticas ou endócrinas;

Doenças cardíacas;

Insuficiência renal crônica;

Compulsões alimentares;

Pacientes com depressão endógena;

Crianças e adolescentes, exceto em situações médicas especiais;

Doenças pulmonares graves;

Redução-de-estômago-quando-fazer-–-riscos-01

Insuficiência renal;

Pacientes com hérnia hiatal volumosa, varizes esofágicas, doenças imunológicas ou inflamatórias do trato digestivo superior;

Pacientes que tenham tido ou suspeitado de alguma manifestação alérgica a algum dos componentes do sistema.

Dentre essas inúmeras contraindicações, podemos verificar que a maioria delas podem ocorrer após fazer a cirurgia. Com isso, é de suma importância que hábitos antigos deixem de existir juntamente com o seu antigo ‘’eu’’.

Compulsões alimentares são os maiores riscos para o pós operatório, pois fazem com que todo o esforço de diminuir o estômago seja jogado fora. É muito fácil perder peso após a cirurgia, porem, é mais fácil ainda ganhar novamente todo aquele peso que você tinha antes e muito mais.

Vale destacar que aquelas pessoas que tendem a não seguir de forma correta as orientações e o acompanhamento pós-operatório não são indicadas para fazer essa cirurgia, pois colocam suas vidas em risco caso não sigam as orientações corretamente.

A prática de exercícios físicos após o tempo de repouso e recuperação é o maior aliado de quem fez a cirurgia bariátrica, afinal de contas, além de auxiliar na perda do peso você estará beneficiando o seu corpo com a pratica de uma atividade física adequada. Isso também influencia nas peles em excesso que você ficará pelo fato de ter perdido muito peso nessa determinada região. Fazendo exercícios você estará favorecendo a saúde e o bem estar do seu corpo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui